capa logo2.png
Saúde

Posto de coleta de leite materno fornece doações para UTI Neo Natal

14 Junho 2017 16:50:27

Leite é coletado na casa das doadoras

Foto: Reprodução

O ato de amamentar, além de fornecer nutrientes ao bebê, é uma demonstração do vínculo afetivo entre mãe e filho. Infelizmente, nem todas as crianças conseguem receber a alimentação do peito da mãe. Nestes casos, o auxílio de doadoras de leite materno traz esperança para crianças e familiares. Em Canoinhas, o Hospital Santa Cruz (HSCC) possui um posto de coleta em que as mães podem efetuar a doação. A prática é ideal para mulheres que produzem leite em excesso, podendo assim, amamentar o seu filho e doar o restante a quem precisa.

Segundo a enfermeira da maternidade, Camila Soares de Lima, atualmente o hospital recebe um número satisfatório de frascos de leite por semana, que são encaminhados a UTI Neo Natal de Mafra, onde o material é pasteurizado e destinado aos pacientes. O posto recebe cerca de 25 frascos por semana. Já o número de doadoras costuma variar de acordo com o mês. Camila afirma que em maio o hospital recebeu doações de dez mulheres.

Apesar de suprir a demanda atual, encontrar novas doadoras sempre é uma satisfação para as enfermeiras da maternidade. E não é preciso muito para doar. Basta ter o leite excedente e uma vida saudável, parâmetros que são constatados por exames de sangue realizados pelas enfermeiras sem custo algum. Durante o período de amamentação, a doadora não pode consumir álcool e fumar mais de dez cigarros por dia.

A DOAÇÃO

            As doadoras do posto de coleta de leite materno sequer precisam sair de casa para concluir a ação. O processo pode ser feito em casa, no momento em que a mãe preferir. O leite deve ser armazenado em um frasco fornecido pelo hospital e congelado até a entrega.

            A coleta do material ocorre toda quarta-feira, dia em que uma enfermeira visita as casas das doadoras para recolher os frascos. Segundo Camila, este é um dos momentos mais recompensadores da profissão. “As mães convidam para entrar, mostram o bebê. É muito gratificante”, comenta.

FRASCOS

            Uma das maiores dificuldades do posto de coleta, no momento, é obter os recipientes adequados para o armazenamento do leite. Como o frasco passa por um processo de esterilização, o recipiente deve ser de vidro com tampa plástica: “Normalmente, os vidros de café possuem essa composição. Hoje nós temos poucos frascos disponíveis desse tipo”. O HSCC aceita doações de frascos para o posto. Basta levar o material até a recepção do hospital. Assim, até mesmo quem não pode doar o leite, consegue ajudar neste ato tão nobre. 


correiodonorte




site cópia não autorizada.png


JORNAL CORREIO DO NORTE - Rua Três de Maio, 364, Centro, Canoinhas-SC - (47) 3622-1571 - Whats: 47 9659-4455

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio do Norte