,
LUTO

Canoinhas perde o professor e escritor Ederson Mota

Colunista do CN, Mota era referência de cultura na região. Ele faleceu aos 71 anos

Foto: Fátima Santos
Mota assinava a coluna "Como é que se escreve?", da edição impressa do CN

No início da tarde deste sábado, 1º, morreu o professor e escritor canoinhense Ederson Mota, conhecido por ter lecionado em escolas como o Sagrado Coração de Jesus e Santa Cruz, além de ter lecionado por mais de três décadas na Universidade do Contestado (UNC). 

Na sociedade, Mota era conhecido como um guardião da cultura local, pela sua contribuição bibliográfica e seu vasto conhecimento em diversas áreas. Foi membro da Academia de Letras Do Brasil/Canoinhas.

Atualmente, o professor assinava a coluna "Como é que se escreve? " da edição semanal impressa do Correio do Norte.

Mota estava internado na Ala Covid-19 do Hospital Santa Cruz de Canoinhas há uma semana.

Confira ao longo dos próximos dias, mais lembranças do legado deixado por Ederson Mota para a comunidade canoinhense.

O Correio do Norte se solidariza, presta homenagens ao seu colunista e presta condolências à família. Mota deixa esposa, três filhos e sete netos.







CN Online -Lateral.jpg




site cópia não autorizada.png


JORNAL CORREIO DO NORTE - Rua Três de Maio, 364, Centro, Canoinhas-SC - (47) 3622-1571 - Whats: 47 9 8865-7880

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio do Norte