,
Agronegócio

Soja fecha ano com valorização de quase 70% em SC

Os sojicultores de Santa Catarina estão fechando o ano com uma valorização de 69% nos preços da oleaginosa. Em novembro, já tinha ocorrido uma alta de 6,2% frente a outubro. Mesmo que nos últimos dias o preço da soja tenha perdido intensidade, o valor médio mensal chegou a R$ 154,81 a saca de 60 quilos. Desde 2018, o padrão dos preços esteve entre R$ 80,00/sc e R$ 90,00/sc.

A partir de abril deste ano as cotações ultrapassaram R$ 100,00 e seguiram em elevação, no segundo semestre. No fim do mês passado, as cotações, porém já mostraram sinais de recuo, refletindo o câmbio, do real frente ao dólar, que desvalorizou. Nesta última semana do ano, a cotação média da soja em SC gira em torno de R$ 137,00. 

Dentre os principais fatores que influenciaram os preços estão a elevação dos prêmios de exportação, que reflete no baixo excedente interno. Além disso, a recuperação da indústria de carne suína chinesa, afetada pela ocorrência de peste suína africana também estimulou as importações de soja em 2020 também refletiu no indicador.  

"A maior parte dessas compras foram do Brasil. Porém, nos últimos dois meses as compras chinesas foram redirecionadas para a soja dos EUA, o que impulsiona as cotações na Bolsa de Chicago", indica o boletim agropecuário do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa). 

A pesquisa ainda apontou o clima na América do Sul, que segue influenciando as cotações da soja no mercado internacional, como um terceiro fator determinante para valorização do grão.






CN Online -Lateral.jpg





site cópia não autorizada.png


JORNAL CORREIO DO NORTE - Rua Três de Maio, 364, Centro, Canoinhas-SC - (47) 3622-1571 - Whats: 47 9 8865-7880

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio do Norte