,
SOCIAL

Setenta anos de companheirismo e serviço

Rotar clube de Canoinhas comemora com jantar festivo

Bruna Werle

Na edição 90, de 19 de maio de 1949, o Jornal Correio do Norte noticiava: "Foi fundada nesta cidade uma secção do Rotary Clube, 'organisação' mundial que muitos benefícios vêm prestando á humanidade". Sete décadas se passaram e o clube manteve o seu propósito: servir ao próximo. De lá para cá, a única coisa que mudou, foram os membros. O espírito solidário do rotariano perpetua ainda hoje.

 Exatamente após 70 anos de fundação do clube, o Rotary promoveu um jantar festivo na noite de sábado, 11, na sede da Sociedade Beneficente Operária (SBO) e contou com a presença dos membros, ex-presidentes, membros de clubes de cidades vizinhas, da governadora do Distrito 4740, Teresinha Lando, das mulheres da Associação de Senhoras de Rotarianos de Canoinhas/ Casa da Amizade (ASR) e dos jovens da Rotaract Club.

 O Rotary possui uma agenda fixa de programação que visa tanto auxiliar as entidades que necessitam de apoio, como atividades para o entrosamento entre os sócios. "Tem algumas entidades que a gente enumera durante o ano e faz as ações em prol de alguma obra, por meio de assistência social e humanitária. Um exemplo, é a Campanha de Alimentos para Apoca (Associação dos Pacientes Oncológicos de Canoinhas), que aconteceu no mês de agosto do ano passado", conta o atual presidente, João Gilberto Krauss.

 Neste ano rotariano, para Krauss, os objetivos foram cumpridos com sucesso graças ao companheirismo característico do grupo. ''Vamos deixar uma carga grande de responsabilidade para o nosso sucessor'', diz referindo-se a Ivan Lourenço de Moraes, que assume a gestão do clube no mês de junho.

 "As expectativas são gigantescas. É a primeira vez que estou assumindo uma entidade desse porte, como é o Rotary, com 70 anos de caminhada, e pretendo dar continuidade aos trabalhos com o apoio dos companheiros, e colocar as ações que temos em mente em prática", almeja Moraes, que é membro do clube desde dezembro de 2015.

 Com 114 anos de fundação no mundo, o Rotary está em todos os países, e praticamente, todas as cidades conta com uma equipe de voluntários que trabalha para a diminuição da desigualdade social, que norteia cada município. Em Canoinhas, o clube foi fundado pelo Rotary Clube de Joinville. Entre os rotarianos, suas esposas, companheiras da Casa da Amizade e colaboradoras, o Rotary Clube de Canoinhas conta com 58 membros atualmente. No entanto, nessas sete décadas, estima-se que mais de 500 canoinhenses tenham feito parte da entidade.

 A governadora do Distrito 4740, Teresinha Lando, em suas palavras exaltou o trabalho desenvolvido pelo Rotary Clube nesses anos, na promoção do bem-estar ao próximo. "A gente vê que bela história vocês fizeram para o mundo de Canoinhas. Nós somos o mundo. Para muitas pessoas, cada um dos rotarianos, foi um mundo melhor. E a paz, a gente só vai alcançar, quando atendermos as necessidades de nosso povo e as diferenças sociais. Porque não haverá paz, enquanto houver tantas diferenças sociais", explanou usando a música de Michel Jackson como analogia.

 O mais antigo membro do clube, cuja admissão é datada em outubro de 1967, e atual Governador do Distrito 4740, Cilas Lourival Ziemann, leu o histórico do Clube, e entre memórias, fatos e causos, encantou e emocionou com sua fala calma e palavras singelas. Ao final do discurso, Ziemann indaga se o esforço e a dedicação à comunidade, em 70 anos, valeu a pena. A resposta não podia ser outra: "Tudo vale a pena se a alma não é pequena. E aqui acrescentamos que a alma de um rotariano, não pode ser pequena".



correiodonorte
teste 6.jpg


site cópia não autorizada.png

teste 6.jpg

JORNAL CORREIO DO NORTE - Rua Três de Maio, 364, Centro, Canoinhas-SC - (47) 3622-1571 - Whats: 47 9 8865-7880

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio do Norte