,
Saúde

Atendimento nos hospitais da região voltam ao normal

Gestantes canoinhenses podem procurar a maternidade do Hospital Santa Cruz a partir desta quarta-feira, dia 1º de julho

Os atendimentos na rede hospitalar de Canoinhas, Três Barras e Major Vieira voltam a ser realizados como antes do início da pandemia. Com o encerramento nesta terça-feira, dia 30, do termo de cooperação técnica realizado entre os Municípios no início do isolamento social, cada munícipe passa a ser atendido na unidade hospitalar da sua cidade. Por isso, em caso de necessidade, as gestantes canoinhenses podem procurar a maternidade do Hospital Santa Cruz a partir desta quarta-feira, dia 1º de julho.

"Lá no começo do enfrentamento à covid-19 não sabíamos o que iríamos enfrentar e depois de muita articulação fizemos este termo de cooperação para garantir a segurança da nossa população e também dos profissionais de saúde", comenta o prefeito Beto Passos. 

Todas as medidas tomadas, aliadas ao engajamento das pessoas, ressalta Passos, "mostram que fizemos um bom trabalho até aqui sem nenhum morte na comarca", ressalta. 

O Município de Canoinhas continuará dando suporte ao Hospital Santa Cruz no combate à covid-19. O Centro de Triagem 24h continuará em funcionamento, assim como a Central de Informações. 

"A doença em Canoinhas continua avançando e por isso permanecemos em alerta", garante o prefeito. 

Canoinhas registra 134 casos positivos de covid-19. Destes, 96 foram liberados para voltar ao convívio social e 38 permanecem isolados. Atualmente 74 pessoas estão em monitoramento. 

A Secretaria de Saúde de Canoinhas, Kátia Oliskowski, lembra que nestes três meses de enfrentamento à covid-19, apenas um profissional de saúde foi contaminado com o vírus. "Isso mostra o zelo de cada um que está nesta linha de frente e da segurança proporcionada aos profissionais pelo Governo de Canoinhas com a disponibilização de todos os EPIs necessários". 

Cirurgias 

Continuam suspensos até o dia 23 de julho todos os procedimentos cirúrgicos eletivos de média e alta complexidade e que necessitem de anestesia geral em Santa Catarina. A medida não vale para as cirurgias com anestesia local ou regional. Entretanto, as unidades hospitalares permanecem autorizadas a limitar o quantitativo a 50%, conforme determinado pela portaria que havia liberado os procedimentos (Portaria nº 342 de 20 de maio de 2020).





CN Online -Lateral.jpg




site cópia não autorizada.png

teste 6.jpg
correiodonorte

JORNAL CORREIO DO NORTE - Rua Três de Maio, 364, Centro, Canoinhas-SC - (47) 3622-1571 - Whats: 47 9 8865-7880

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio do Norte