,
ARTIGO

Uso da internet: possibilidades e limites!

Assim, 'o mundo ficou menor', interligado, mais informativo e comunicativo após a chegada da Internet

JAIRO MARCHESAN
Professor do Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional da Universidade do Contestado. E-mail: jairo@unc.br

Pode-se afirmar que a internet revolucionou as comunicações na contemporaneidade, principalmente, nas últimas três décadas. Atualmente, a internet é umas das ferramentas fundamentais nos processos de pesquisa e comunicação em tempo real, virtual e instantânea em praticamente qualquer parte do mundo. Senão, vejamos: há três décadas, por exemplo, efetuar ligações ou chamadas telefônicas, deparava-se com onerosidade e o difícil acesso para a maior parte da população; fazer um vídeo era possibilidade para alguns profissionais da área e quase impossível devido à falta ou elevados custos dos equipamentos; a telefonia móvel, então, era uma proposta ou uma condição inicial, e, para os que detinham, elevado custo econômico. Com a popularização dos computadores pessoais, e mais tarde a chegada dos telefones celulares, possibilitaram com que as comunicações se difundissem de forma rápida e/ou instantânea e intensa mundo a fora. Recentemente, com a criação das denominadas redes sociais (Facebook, WhatsApp, Twitter,..), ampliaram-se e popularizaram-se as comunicações virtuais, reais e instantâneas, seja compartilhando imagens, sons, vídeos, dados e outros. Para aqueles que quiserem expor ou divulgar trabalhos, serviços, produtos, ofertas ou outros, é uma excelente ferramenta para se atingir públicos amplos, interessados e a baixo custo. Outra facilidade é rever, rastrear ou contatar com pessoas distantes. Assim, "o mundo ficou menor", interligado, mais informativo e comunicativo após a chegada da Internet. No entanto, como diz o ditado popular: "entre as flores pode haver espinhos"! Assim, as Mídias Sociais podem oferecer perigos e complicações! Exemplo disso são os "golpes" financeiros de compra e venda, furtos ou espionagem de dados profissionais, financeiros, cibernéticos, privados, familiares e demais. Outro aspecto negativo é a chamada dependência das Mídias Sociais. Pessoas trocam a vida real, social e familiar pela interação virtual e não conseguem desligar-se ou desconectar-se, e assim passam a viver dependentemente conectadas, podendo causar problemas de saúde física, psíquica, distúrbios, relacionamento, profissionais, de estudos, entre outros. Há inclusive o risco de que essas pessoas venham a desenvolver processos obsessivos, depressivos e outros males, todos decorrentes da opção por tais práticas. Por isso, torna-se fundamental a necessidade da busca do equilíbrio no uso e interação com as Mídias Sociais, e, principalmente, educar os usuários para evitarem eventuais armadilhas do universo on-line (internet). As mesmas podem ser importantes aliadas para a educação, pesquisas, negócios, entretenimentos e outros, desde que utilizadas com cautela, cuidado, equilíbrio e parcimoniosamente. Caso contrário, podem ser perigosas ou até inimigas. Portanto, dentre tantos desafios da atualidade, é usar a internet e as Mídias Sociais de maneira parcimoniosa, sensata e equilibrada.






CN Online -Lateral.jpg




site cópia não autorizada.png


JORNAL CORREIO DO NORTE - Rua Três de Maio, 364, Centro, Canoinhas-SC - (47) 3622-1571 - Whats: 47 9 8865-7880

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio do Norte