,
RECONHECIMENTO

Ex Editor-Chefe do CN é homenageado no 12º Encontro da Imprensa

500 profissionais de comunicação de todo o Estado confraternizaram no 12º Encontro da Imprensa Catarinense, na Sede Social da CDL de Chapecó

BRUNA WERLE
Foto: MB COMUNICAÇÃO
?Trabalhei muito, estudei feito louco e aprendo todos os dias e com toda a pessoa com quem cruzo?, afirma o jornalista

O jornalista João Francisco da Silva, de Joinville, foi homenageado e recebeu uma placa de agradecimento pelas cinco décadas dedicadas à comunicação barriga-verde, junto com o radialista Geraldo Luiz Salvador (Tubarão), jornalista Ary Silveira de Souza (Joinville), e radialista Sílvio Loddi (Florianópolis).

Um dos veteranos da mídia catarinense, com 52 anos de profissão, o jornalista João Francisco da Silva, é natural de Gaspar, atualmente reside em Joinville. Trabalhou nos jornais Folha de São Paulo, Estado de São Paulo, Jornal de Santa Catarina, O Estado, A Notícia e o Correio do Norte. Foi diretor de comunicação da Companhia Águas de Joinville. Nos últimos anos, atuou como editor-chefe do Jornal da Cidade. Atualmente é diretor de Comunicação e Relacionamento da Câmara de Vereadores de Joinvile. No CN, foi chefe-editor e redator da edição especial dos 100 anos da Guerra do Contestado.

"Sim. Uma longa jornada. Mas que não é inteiramente minha. Ela só foi possível pelo ininterrupto aprendizado. Jornalismo é multicelular. Você só o é pela existência e apoio da mulher do cafezinho, motorista, porteiro, colegas, subordinados, chefes, fontes e a compreensão e tolerância da família. Turbulência, coragem, foco, altivez, loucura e doses de inconsequência. Se aqui cheguei, de muitos sou devedor", escreve.

O 12º Encontro da Imprensa Catarinense reuniu as entidades de representação e defesa da comunicação e integrou jornalistas, radialistas, radiodifusores, publicitários, mídias, docentes e empresários de comunicação. Também assinalou o encerramento das comemorações alusivas aos 188 anos de fundação da imprensa barriga-verde.

"Senti-me como aquele cara que morre e Deus, num gesto de bondade, permite-lhe que assista seu próprio velório. Pela primeira vez fui unanimidade. Todo mundo falando bem de mim. Deu um medão. Nem sinal do ranzinza, rabugento, o intolerante - com atrasos, preguiçosos, matérias mal apuradas e safados. Nem sombra do reacionário apontado pelos que discordam de minhas posições legalistas. Mas foi lindo", descreve João sobre a homenagem.

Imagens

Foto: MB COMUNICAÇÃO
?Trabalhei muito, estudei feito louco e aprendo todos os dias e com toda a pessoa com quem cruzo?, afirma o jornalista
Foto: MB COMUNICAÇÃO
Coordenador do evento e diretor regional Marcos Bedin, o radialista Geraldo Luiz Salvador Jornalistas, Sílvio Loddi, Ary Silveira de Souza, João Francisco da Silva e o Presidente da ACI Ademir Arnon




CN Online -Lateral.jpg




site cópia não autorizada.png


JORNAL CORREIO DO NORTE - Rua Três de Maio, 364, Centro, Canoinhas-SC - (47) 3622-1571 - Whats: 47 9 8865-7880

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio do Norte