,
FEITO HISTÓRICO

Jogador do Nação Canoinhas entra para a história do futebol

Com hat-trick de cobranças de falta em menos de 14 minutos, lateral-esquerdo Jackson entra para seleta lista de atletas que conseguiram o feito

JOSÉ ROSSI JÚNIOR
Foto: Gustavo Mejia

Na tarde desta quarta-feira, 11, o Nação Esportes Canoinhas recebeu o Atlético Catarinense, no Estádio Municipal Benedito Therézio de Carvalho (Ditão), em partida válida pela décima rodada do Campeonato Catarinense da Série B. Escalados pelo técnico Kokan, a equipe canoinhense foi a campo com: Marcão; Joshua, Igor Candiota, Thiago Tomais e Jackson; Diogo Fogliato, Jardiel e Vini Moraes; Douglas, Romarinho e Jean Carlos.

No primeiro tempo, a equipe visitante abriu o placar aos 23 minutos, com gol de pênalti marcado pelo camisa 9 Alex Bruno. No início da segunda etapa, o Atlético Catarinense ampliou com Thiago Silvy, após bela jogada de David.

VIRADA

Aos 20 minutos, os canoinhenses diminuíram com um golaço de falta do lateral esquerdo Jackson, que arriscou de muito longe e surpreendeu o goleiro adversário. Aos 29, com um gol antológico, mais uma vez de falta, Jackson empatou a partida encobrindo o goleiro. Aos 34 minutos do segundo tempo, mais uma vez, Jackson marcou outro gol de falta, virando a partida para o Nação Canoinhas.

Com a vitória por 3x2, o Nação fica na terceira colocação da Série B do Estadual, com 20 pontos, oito atrás do líder Camboriú, e oito à frente do 4º colocado Carlos Renaux.

O próximo desafio do Nação é no domingo, contra o Guarani de Palhoça, fora de casa.

CRAQUE DA PARTIDA

Após a vitória dos canoinhenses, todos os holofotes se voltaram para o autor dos três gols de falta, Jackson, que destacou a rivalidade entre as duas equipes: "Era um jogo difícil, pois o Nação e o Atlético Catarinense já têm uma rivalidade. É um clássico aqui de Santa Catarina e a gente saiu perdendo de 2 a 0, mas Deus pode me abençoar de ter feito os três gols de falta e poder ajudar a minha equipe", comentou o atleta. Uma curiosidade, que antes de Jackson ter feito o hat-trick, outro jogador do Nação, o lateral Joshua, já havia acertado o travessão do goleiro adversário em cobrança de falta.

Em comemoração a grande atuação, Jackson levou a bola para casa, para recordar um dos jogos memoráveis de sua carreira. "Eu fico feliz por ter feito os três gols, e a bola vai comigo, para deixar guardada em casa", completou o atleta.

FEITO HISTÓRICO

A atuação impecável do lateral esquerdo do nas cobranças de falta diante do Atlético Catarinense, faz o atleta entrar para a história do futebol, devido a situação em que o Nação Canoinhas estava na partida, e também, pelo curto período do tempo do jogo em que os gols foram marcados.

O Correio do Norte buscou informações sobre outros hat-tricks em cobranças de falta já marcados na história do futebol profissional, e foram poucos os registros encontrados.

O mais popular no Brasil até então, foi o do ex-jogador Marcos Assunção, que em partida pela Copa do Brasil de 1998, marcou três gols com a camisa do Santos, no empate por 3x3 com o Bahia. Outros atletas que conseguiram esse feito foram o escocês Ray McKinnon, o primeiro a conseguir fazer um hat-trick em cobranças de falta, e o craque sérvio Sinisa Mihajlovic, que marcou três gols de falta pela Lazio, na vitória por 5x2 diante da Sampdoria, em partida válida pelo Campeonato Italiano da temporada 1997/1998.

Vale destacar que em nenhuma dessas situações, o atleta autor do feito decidiu uma partida após estar perdendo por 2x0 e em um período de tempo tão curto, por isso, o feito de Jackson passa a fazer parte, definitivamente, da história do futebol.

CONFIRA OUTROS HAT-TRICKS HISTÓRICOS DO FUTEBOL


*Reprodução somente com autorização

Créditos: JOSÉ ROSSI JÚNIOR/JORNAL CORREIO DO NORTE
Publicado originalmente na edição impressa do Correio do Norte do dia 13/08/2021





2.jpg

CN Online -Lateral.jpg


1.jpg




site cópia não autorizada.png


JORNAL CORREIO DO NORTE - Rua Três de Maio, 364, Centro, Canoinhas-SC - (47) 3622-1571 - Whats: 47 9 8865-7880

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio do Norte