,

PMDB decide seu destino neste sábado

Partido vota pela continuidade ao lado de Raimundo Colombo ou por candidatura própria

Pinho Moreira discursa a favor da manutenção da coligação com o PSD em encontro com a militância de
Foto: Sergio Teixeira/Divulgação

 Faltando apenas dois dias para a pré-convenção do PMDB estadual, a caravana liderada pelos senadores Luiz Henrique e Casildo Maldaner e pelo presidente estadual do PMDB, Eduardo Pinho Moreira, voltou ontem à estrada para reforçar o discurso de continuidade da atual coligação para o Governo junto aos delegados do Oeste e Extremo Oeste catarinense. Eles estiveram em Chapecó, São Carlos, São Miguel do Oeste, São Lourenço do Oeste, Xanxerê e Caçador. Deputados da região também acompanharam o roteiro que encerrou a campanha pela continuidade ao lado do governador Raimundo Colombo (PSD).

Na contramão, Mauro Mariani encerrou sua série de visitas aos diretórios do PMDB pelo Sul do Estado, defendendo a tese de candidatura própria.
Durante os encontros, Luiz Henrique da Silveira e Eduardo Pinho Moreira têm reforçado a importância de o PMDB garantir a continuidade da atual coligação para o Governo, na eleição majoritária deste ano, destacando que o partido faz parte do atual Governo com espaços importantes. O grupo defende a construção de uma candidatura forte para 2018, com um projeto que possa garantir o retorno de um governador peemedebista ao executivo estadual. “O PMDB não pode, aos 45 minutos do segundo tempo, mudar de posição, sendo que estamos no caminho certo, com conquistas e realizações em prol dos catarinenses”, destacou Pinho Moreira em um vídeo gravado para incentivar a militância.
Em resposta aos argumentos de Luiz Henrique, publicados como “15 motivos para manter a aliança”, Mariani publicou uma carta na qual diz que “é grande o temor de que ficando mais quatro anos sem apresentar um candidato ao governo do Estado, o PMDB sofra um enfraquecimento maior do que já vem sofrendo. De 114 prefeitos em 2010 já somos 105. Perdemos nove prefeituras, exatamente o mesmo número de municípios que comemoram aniversário no dia 26 de abril, dia de nossa convenção.”
 
EVENTO
A pré-convenção do PMDB será realizada no Auditório Antonieta de Barros, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, a partir das 9 horas deste sábado, 26. O evento vai definir se o partido terá candidatura própria ou continuará com a atual coligação para o Governo, na eleição deste ano. “A tradição democrática do PMDB na escolha de suas decisões será mantida e, independente do resultado, estaremos unidos, respeitando o desejo coletivo e fortalecendo cada vez mais o nosso partido”, reforça Pinho Moreira.
Na pré-convenção terão direito a voto os membros do diretório estadual, deputados estaduais e federais e os delegados municipais, devidamente registrados no Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Ao todo, 522 peemedebistas, se habilitados, poderão votar.
Os 522 delegados do PMDB que poderão votar na pré-convenção têm direito a 583 votos, devido à previsão estatutária do voto cumulativo. De Canoinhas, votam Antonio Aguiar, Leoberto Weinert e Ricardo Pereira Martin.
 

Imagens






2.jpg

CN Online -Lateral.jpg


1.jpg




site cópia não autorizada.png


JORNAL CORREIO DO NORTE - Rua Três de Maio, 364, Centro, Canoinhas-SC - (47) 3622-1571 - Whats: 47 9 8865-7880

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Correio do Norte